António Costa revisita 150 anos de história do DN

O presidente da Câmara de Lisboa abriu ontem a exposição do DN

Ao todo são 46 fotografias, espalhadas por 19 locais emblemáticos de Lisboa. Pretendem comemorar os 150 anos de existência do Diário de Notícias. A exposição, que marca este aniversário, celebrado a 29 de dezembro, foi ontem inaugurada, ao final da tarde, na Avenida da Liberdade, em frente ao edifício do DN, e contou com a presença do presidente da Câmara de Lisboa, António Costa.

O presidente do conselho de administração do Grupo Controlinveste, Daniel Proença de Carvalho, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, e o diretor do DN, André Macedo

O presidente do conselho de administração do Grupo Controlinveste, Daniel Proença de Carvalho, o presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, e o diretor do DN, André Macedo

“É muito bom uma instituição como o Diário de Notícias ter 150 anos de vida e poder contar agora, sob a forma de fotografia, a história de 150 anos que foi testemunhando da cidade, do país e do mundo”, elogiou o também secretário-geral do PS, felicitando o jornal centenário. “É uma instituição de Lisboa e é o único órgão de comunicação social no centro da cidade. Uma das funções dos jornais é não só darem-nos as notícias do dia, mas lembrar-nos 150 anos depois qual a notícia da altura”, sublinhou.

Na inauguração oficial da Exposição Fotográfica 150 Anos DN – com imagens escolhidas por Rui Coutinho, antigo editor de fotografia do DN, e legendas de Ferreira Fernandes, redator principal – estiveram também presentes o presidente do conselho de administração do Grupo Controlinveste, Daniel Proença de Carvalho, e o diretor do DN, André Macedo. “O DN é um jornal de Lisboa e isso deve ser sublinhado, assim como a presença do presidente da câmara nesta inauguração. É importante que o fair play faça parte da relação entre os jornalistas e o presidente da câmara”, disse André Macedo, que fez questão de agradecer a João Mendes Dias, CCO da Vodafone Portugal, e João Lima, general manager da Essilor. “Hoje em dia, com as dificuldades que os jornais atravessam, agradeço aos patrocinadores que avançam e nos ajudam a concretizar ideias.”

As imagens, que mostram alguns momentos históricos testemunhados pelo DN ao longo destes 150 anos, estão expostas nas principais ruas de Lisboa até 31 de janeiro.

Sem comentários

Deixe o seu comentário